Publicada em 11/01/2017 às 16h46.
Acusado de estuprar e engravidar enteada de 10 anos é encontrado morto
A criança ratificou que sofrera os abusos praticados pelo padrasto.

 

O motorista Cláudio Reis Trindade, 40 anos, mais conhecido como “Cali”, foi encontrado morto por enforcamento no fim da manhã desta quarta-feira (11) na casa de familiares na Fazenda Lagoa Vermelha, zona rural de São Luís do Quitunde, região Norte do Estado.


Ele era acusado de estuprar e engravidar a enteada de 10 anos de idade, em Matriz de Camaragibe, mas seu paradeiro, desconhecido desde que fugiu, na segunda-feira (9), da recepção da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil (8ª DRPC), neste município.


O inquérito sobre a morte de Cali será conduzido pelo delegado de São Luís do Quitunde, Gustavo Pires de Carvalho. As polícias Civil e Militar acreditam em suicídio, mas a possibilidade de homicídio não foi descartada. O Instituto de Criminalística (IC) foi acionado e se desloca à fazenda onde o corpo foi encontrado.


O delegado regional, Valdir Silva de Carvalho, que apura o crime de estupro de vulnerável, se preparava para pedir a prisão preventiva do acusado, quando recebeu a notícia da morte dele. Cali escapou da recepção da 8ª DRPC, quando prestaria depoimento acerca do caso de estupro, na segunda-feira (9).


Por volta das 18 horas, ele foi convocado a prestar depoimento e conduzido pelos agentes até a delegacia. Enquanto aguardava na recepção, fingiu que cumprimentaria uma senhora, à porta de entrada da 8ª DRPC, e escapou em direção ao Rio Camaragibe, que passa por trás do imóvel.


Os policiais tentaram contê-lo e chegaram a efetuar disparos de arma de fogo para o alto, em sinal de advertência, mas o acusado escapou. Valdir Silva de Carvalho informou que a vítima e a mãe dela prestaram depoimento e confirmaram as acusações de estupro.


A criança ratificou que sofrera os abusos praticados pelo padrasto. A mãe descobriu que ela estava grávida (de 4 a 7 meses de gestação) ao levá-la ao médico para realizar exames. Ela encaminhou o caso ao Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente de Matriz, que acionou a Polícia Civil. Cali trabalhava como motorista de ambulância para a Secretaria Municipal de Saúde de Matriz de Camaragibe.

 

Corpo foi encontrado na casa de familiares na zona rural de São Luís do Quitunde

 

Gazeta Web

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia