Publicada em 18/03/2017 às 08h52.
Toshiba traz ao Brasil impressora sustentável que apaga folha e imprime de novo
A e-STUDIO 306LP/RD30 é o primeiro sistema multifuncional ecológico do mundo.


A Toshiba está apostando em uma novidade interessante para o mercado brasileiro de impressoras multifuncionais: a japonesa vai lançar no Brasil um modelo que tem a capacidade de apagar e reutilizar folhas de papel mais de cinco vezes sem perder a legibilidade.


A e-STUDIO 306LP/RD30 é o primeiro sistema multifuncional ecológico do mundo que pode apagar imagens e texto nas impressões com função integrada de digitalização para rede. Para isso, ela imprime com um tipo especial de tinta, o que permite apagar a impressão do papel por meio de um processo térmico.


Para garantir que os documentos impressos não acabem perdidos, a impressora tem um recurso que permite que o scanner gere uma imagem da folha que está prestes a ser apagada e salve em um destino na rede, caso o usuário deseje resgatar a imagem e imprimir novamente.


 

O sistema também pode ser usado para gerar economia de espaço físico na guarda de documentos, além da segurança e alta disponibilidade da informação. As impressões, geralmente, são arquivadas ou inutilizadas, mas com a digitalização não há necessidade de arquivamento ou destruição, pois o conteúdo dos documentos pode ser convertido em dados e guardado para uso futuro.


Segundo pesquisa realizada pela Toshiba, 89% das impressões realizadas são descartadas em menos de uma semana, portanto a grande maioria das impressões comuns do ambiente de escritório pode ser apagada com a finalidade de reutilização do papel.


De acordo com o especialista de produtos do Grupo Malca (que distribui produtos Toshiba no Brasil), Laércio Garcia Junior, reutilizando o papel cinco vezes há uma redução na emissão de dióxido de carbono envolvida no processo de impressão de até 57%, o que também fomenta a consciência ecológica no consumidor. Outro reflexo ressaltado por Junior é a economia nos custos relacionados ao papel: até 80% menos em comparação com os modelos tradicionais.


O preço do equipamento ainda não foi revelado.



Canaltech

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia