Publicada em 17/05/2017 às 09h46.
Gêmeas fazem ensaio para celebrar aniversário de 100 anos
Para as fotos, as modelos de primeira viagem ganharam maquiagem, roupas, acessórios, cabelo arrumado e a todos os adereços que têm direito.

© Camila Lima Fotografia

 

Paulina Pignaton Pandolfi e Maria Pignaton Pontini são irmãs gêmeas e nasceram em Ibiraçu, interior do Espírito Santo, no dia 24 de maio de 1917. Prestes a assoprarem 100 velinhas cada, Tatiani Mai, 40, neta de Paulina, garante que a dupla esbanja saúde.


"Elas até fazem pequenos afazeres como lavar roupas pequenas e cozinhar. Minha avó já teve três infartos e um câncer de intestino, mas recuperou-se de tudo", diz à reportagem. "E a tia avó Maria nunca teve nada e adora passear".


A vitalidade da dupla (quase) centenária chamou a atenção da fotógrafa Camila Lima, 28, de Vitória, capital do Estado, depois de conhecer a dupla em uma reportagem na "TV Gazeta". "Nunca tinha visto gêmeas chegarem aos 100 anos. Fiquei emocionada", diz Lima, que fez o ensaio das irmãs.


A história ganhou ainda mais repercussão depois de parar nas redes sociais.Para as fotos, as modelos de primeira viagem ganharam maquiagem, roupas, acessórios, cabelo arrumado e a todos os adereços que têm direito.


"Elas não tiveram nenhum tipo de limitação. Sentaram, levantaram, andaram. Tudo que eu pedia, dentro do limite delas, elas faziam", diz a fotógrafa. Segundo Mai, as gêmeas estão eufóricas e felizes com o álbum que ganharam para celebrar o aniversário. "E estão ainda mais vaidosas". diz.


Além das fotos, Paulina e Maria, que atualmente moram nas cidades de João Neiva (ES) e de Aracruz (ES), respectivamente, vão ganhar uma festa na cidade natal das duas no próximo sábado (20). 


A postagem da fotógrafa está disponível em

 https://www.facebook.com/fotografacamilalima/posts/1388822774544318


Notícais ao Minuto com informações da Folhapress. 

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia