Publicada em 18/05/2017 às 11h14.
Facebook começa a esconder links que enganam o usuário
Ideia é enfraquecer o uso de manchetes exageradas ou enganosas.
ReproduçãoRede social vai usar inteligência artificial para identificar frases e termos geralmente usados em manchetes caça-cliques.


Facebook anunciou, nesta quarta-feira (17), uma série de atualizações para reduzir o uso de manchetes exageradas ou enganosas, conhecidas como caça-cliques, para melhorar a experiência no feed de notícias e diminuir o impacto da desinformação entre sua comunidade, que já possui 1,9 bilhão de usuários ativos mensalmente.


A rede social diz que vai usar inteligência artificial para identificar frases e termos geralmente usados em manchetes caça-cliques, um trabalho semelhante ao que é feito para filtrar spams em e-mails.


Depois de categorizar milhares de publicações deste tipo, uma equipe do Facebook reuniu um conjunto de palavras-chave para servir como filtros iniciais para identificar títulos destinados a chamar a atenção e atrair as pessoas para clicarem em um link.


"Percebemos que as pessoas não gostam de manchetes com tendência a reter informações ou enganar o leitor. Em vez disso, elas preferem chamadas claras e precisas. As atualizações que estamos fazendo usam a tecnologia para reduzir a presença dos caça-cliques, criando uma comunidade mais informada", explica o gerente de produto do Facebook, Greg Marra.

 

Leiajá

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia