Publicada em 18/05/2017 às 11h20.
Temer diz ter entendido o pagamento a Cunha como "ato de solidariedade"
Presidente confirma que ouviu relato sobre pagamento a Cunha.

 

O presidente Michel Temer (PMDB) confirmou em conversa com aliados no final da noite desta quarta (17) que ouviu do empresário Joesley Batista um relato de que dava dinheiro para o ex-deputado Eduardo Cunha e não manifestou objeção.


Segundo o deputado Carlos Marun, que esteve na reunião, o presidente confirmou aos aliados que Joesley relatou ter dado "auxílio" a Cunha, reiterou que jamais fez qualquer pedido dessa natureza, mas também afirmou que não fez objeções após ouvir o relato.


Outros dois participantes de conversas com o presidente na noite desta quarta-feira confirmaram os relatos à Folha.


Eles afirmam que Temer diz ter entendido o pagamento como um "ato de solidariedade".Temer foi gravado por um dos donos do grupo J&F, proprietário da marca JBS, falando sobre a compra do silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A informação foi publicada na noite dessa quarta (17) pelo colunista Lauro Jardim, do jornal "O Globo", e confirmada pela Folha de S.Paulo. Com informações da Folhapress.

TODOS OS COMENTÁRIOS (2)



Login pelo facebook
Postar
 
  • Samuel moura da Silva5 meses atrás
    Vagabundo
  • Samuel moura da Silva5 meses atrás
    Esse vagabundo cada dia descobre mas podre desse infiliz vão tudo conzinha no fogo do inferno bando de vagabundo e querendo corta as aposentadorias dos pobre tira dereito trabalhista vai muda as lei vagabundo coloca pena de morte no Brásil
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia