Publicada em 19/06/2017 às 09h36.
Ex-atleta do UFC morre depois de sofrer duro nocaute em luta de boxe
Tim Hague estava em UTI no Canadá e não resistiu após hemorragia cerebral.

 

 

Reprodução/YouTube
Vídeo no YouTube mostra momento do nocaute de Tim Hague, que fica deitado no ringue

Uma notícia trágica abalou o mundo das lutas neste domingo. Tim Hague, ex-atleta do UFC, teve a morte anunciada depois de sofrer um duro nocaute em luta de boxe na sexta-feira passada, em Edmonton, no Canadá. Ele estava na UTI, mas não resistiu. O falecimento foi confirmado pela irmã do lutador, por meio de comunicado no Facebook.
“É com imensa tristeza e dor no coração que informamos que Tim se foi hoje (domingo). Ele estava cercado por sua família e ouvindo músicas que mais gosta. Nós vamos sentir muita falta dele”, escreveu a irmã do lutador morto aos 34 anos, em nome da família. 
Tim Hague lutava contra Adam Braidwood, em Edmonton, e sofreu quatro knockdowns nos dois rounds iniciais. O juiz chegou a abrir contagem, mas o duelo teve prosseguimento. O duelo foi interrompido depois que o peso pesado caiu no ringue e não conseguiu mais se reerguer. 
Tim Hague estava consciente e deixou o ringue caminhando com ajuda de algumas pessoas que o acompanharam ao vestiário. Ele foi levado ao hospital e acabou internado, sendo transferido em seguida para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) por causa da piora do estado de saúde. O ex-UFC não resistiu e teve a morte anunciada 48h depois da luta.
De acordo com o Edmonton Journal, Tim Hague sofreu hemorragia cerebral, que provocou a morte. A publicação canadense informou ainda que a comissão atlética local abriu investigação sobre o caso e vai ouvir os árbitros, juízes e médicos que trabalharam na luta.
 
Natural de Boyle, em Alberta, no Canadá, Timothy Edward Lee Hague começou no MMA em 2006, se destacando ao conquistar o cinturão do King of the Cage. Ele ganhou contrato com o UFC, em 2009, mas não engrenou. Foram quatro derrotas e apenas uma vitória – sofreu o nocaute mais rápido da história da organização, diante de Todd Duffee, logo aos 7seg. Hague se despediu das artes marciais mistas em 2016, com triunfo sobre Michal Andryszak, na Rússia, por nocaute técnico. No boxe, Tim ganhou um confronto e saiu derrotado duas vezes. 
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia