Publicada em 10/08/2017 às 14h40.
Restaurante chinês dá desconto de acordo com o tamanho de sutiã
Esta não é a primeira vez que restaurantes chineses oferecem descontos baseados na aparência de seus clientes.

© iStock

 

Trendy Shrimp, um restaurante chinês da província litorânea de Zhejiang, na China, decidiu dar descontos progressivos para mulheres de acordo com o tamanho de seus sutiãs.


A estratégia de venda, considerada sexista e vulgar, foi arduamente criticada por internautas e frequentadores do local.

"A cidade toda está procurando por peitos" era o slogan do cartaz que explicava os descontos. Os desenhos no estilo mangá (cartoons japoneses) mostravam que, quanto maior o tamanho dos seios, maior os descontos.


Uma mulher com sutiã tamanho A (semelhante ao tamanho 36 brasileiro) ganharia 5% de desconto, enquanto uma mulher que usasse tamanho G (semelhante ao 46 brasileiro) conseguiria um abatimento de 65% na conta.


As medidas, que eram feitas visualmente, passaram a ser mais discretas. As clientes deveriam pedir pelo desconto para as próprias garçonetes, sem ter que lidar com os funcionários homens, para "evitar constrangimento".


Os posters apareceram no dia 31 de julho, na fachada do restaurante que está em um shopping. Por desrespeitar mulheres e ir contra as leis chinesas de propaganda, as autoridades retiraram os posters depois de três dias e a promoção foi suspensa por ordens policiais no dia 7 de agosto.


Em entrevista ao portal chinês "Qianjiang Evening Post", o gerente do estabelecimento, Lan Sheggang, defendeu a estratégia. "Desde que a promoção começou, o número de clientes aumentou em 20%."


Segundo o gerente, a iniciativa surgiu para aumentar o reconhecimento da marca entre seu público alvo: os jovens. "Os adolescentes são muito mente aberta e a aceitação foi muito boa", disse. "Algumas mulheres que encontramos estavam muito orgulhosas, elas não tinham nada a esconder."


"É claro, também ouvimos opiniões negativas. É normal, os mais velhos não acham apropriado", disse Lan. Assim que o cartaz foi divulgado por um internauta, a repercussão negativa aumentou.

Esta não é a primeira vez que restaurantes chineses oferecem descontos baseados na aparência de seus clientes. Em 2015, outro restaurante, na província de Henan, oferecia refeições gratuitas para seus clientes mais atraentes. Um mês antes, uma lanchonete dava descontos para clientes acima do peso ou mulheres magras. Com informações da Folhapress.

 

 

 

Notícias ao Minuto

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia