Publicada em 13/08/2017 às 09h21.
Após reunião sobre reforma política, Temer diz que não discute o tema
O Planalto garante que Temer 'não está participando da discussão sobre a reforma política', 'adoção do distritão nem na criação do fundo eleitoral'.

© Ueslei Marcelino / Reuters

 

Uma semana após se reunir com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, para discutir reforma política, o presidente Michel Temer divulgou uma nota por meio de sua assessoria, neste sábado (12), para dizer que "não participa dessa discussão".


"O presidente Michel Temer não está participando da discussão sobre a reforma política. Não se envolveu na adoção do distritão nem na criação do fundo eleitoral. Esses são temas do Congresso Nacional", diz a nota.

 

O documento foi emitido em resposta a uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, que afirmou que o governo defende que emendas devem bancar o novo fundo eleitoral de R$ 3,6 bilhões.


Mendes e Temer se reuniram no domingo passado (6) no Jaburu para discutir a reforma política. O ministro confirmou ao blog da jornalista Andréia Sadi no G1 que, no encontro, eles falaram sobre a emenda do parlamentarismo, uma ampla mudança no sistema político e a distribuição dos recursos do fundo eleitoral.


Procurado após a divulgação da nota, o Planalto explicou que o presidente e o ministro discutiram a reforma política na reunião, mas não o distritão nem o fundo eleitoral.

 

Notícias ao Minuto

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia