Publicada em 09/02/2018 às 07h09.
Ex-Sport marca gol e comanda virada do Botafogo/PB sobre o Náutico
O M10 mostrou a qualidade que sempre teve na bola parada e deixou o Belo na liderança do grupo C da Copa do Nordeste.

xxx748

 

No estádio Almeidão, casa do Botafogo/PB, o Náutico acabou sendo derrotado pelo time paraibano por 2×1, mesmo a equipe pernambucana tendo sido melhor no primeiro tempo de jogo, marcando o gol de abertura no placar,  os comandados de Roberto Fernandes tomaram a virada com um gol do ex-jogador do Sport, Marcos Aurélio. O M10 mostrou a qualidade que sempre teve na bola parada e deixou o Belo na liderança do grupo C da Copa do Nordeste.


NO APITO, AO ATAQUE.

Nos primeiros movimentos do jogo, o Botafogo tentou mostrar para o Náutico que iria tomar a iniciativa de ataque na partida, mas foi surpreendido pelo time pernambucano, que logo aos quatro minutos de jogo com uma infiltração na área de Wallace Pernambucano. O Belo não se abateu, começou a buscar o gol intensamente e ele veio quatro minutos depois com o zagueiro Gladstone de cabeça depois da cobrança de escanteio.


CHANCES E GOLS

Depois que chegou o Botafogo/PB chegou ao empate o jogo ficou mais aberto, tanto o Belo quanto o Timbu continuaram atacando, tanto que aos 19 minutos, Wallace Pernambucano ganhou na velocidade e só não entrou na área para fazer o gol, porque foi derrubado. Ele mesmo cobrou a falta e balançou o poste do goleiro Edson, uma grande chance de gol. A resposta do time paraibano veio na construção das jogadas no final da primeira etapa, aos poucos os homens  de meio e ataque foram criando oportunidades, e aos 46 minutos na última bola do primeiro tempo, Marcos Aurélio foi para a cobrança de escanteio e na batida da bola com perfeição e perigo, o goleiro Bruno se atrapalhou na chegada da bola e colocou ela para dentro do gol. Virada do Botafogo/PB.


SEGUNDA ETAPA DE BOLAS NA ÁREA

Na volta do intervalo, a meta do Náutico era reagir para tirar o prejuízo, para o Botafogo era segurar o placar e ampliar para chegar aos seis pontos.  E com os homens de referência  nas áreas os times abusaram de bolas na área. Do Timbu, Wallace Pernambucano foi o diferencial do jogo, foi  preciso fazer rodízio de faltas para parar o camisa nove alvirrubro, mesmo assim nada mais se alterou no placar.


Ficha da partida


Botafogo-PB
Édson Barreto; Felipe Cordeiro, Gladstone, Lula e Fábio Alves; Rafael Jataí, Allan Dias, Marcos Aurélio e Carlos Renato (Marlon); Dico (Netinho) e Nando (Humberto). Técnico: Leston Júnior


Náutico
Bruno; Thiago Ennes, Breno Calixto, Camutanga e Kevyn; Negretti, Josa (Fernandinho) e Medina (Cal Rodrigues); Rafael Assis, Wallace Pernambucano e Robinho (Tharcysio). Técnico: Roberto Fernandes.


Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa


Gols: Wallace Pernambucano (4 min do 1º), Gladstone (9 min do 1º), Marcos Aurélio (46 min do 1º)
Cartões amarelos: Marcos Aurélio, Carlos Renato, Fábio Alves,Gladstone, Rafael Jataí (B), Breno Calixto, Negretti, Fernandinho, Kevyn (N).


Árbitro: Diego da Silva (trio todo de Sergipe), Assistentes: Aílton Farias da Silva e Rodrigo Guimarães Pereira

 

 

Ne10

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia