Publicada em 15/03/2018 às 05h43.
Sport elimina o Santa com goleada e avança às semifinais
Com gols dois gols de Anselmo e um de Marlone, o Sport mostrou que tem um time com maior qualidade e assegurou a vaga para semifinal do Campeonato.

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

 

Com uma atuação impecável de alguns jogadores, o Sport derrotou o Santa Cruz por 3×0 no Clássico das Multidões. Com gols dois gols de Anselmo e um de Marlone, o Sport mostrou que tem um time com maior qualidade e assegurou a vaga para semifinal do Campeonato Pernambucano 2018. E em um jogo carregado de tensão os times entraram em campo ainda à sombra da partida anterior, a da fase classificatória, na qual uma grande confusão envolvendo a torcida do Santa Cruz.


Gol logo no comecinho, pressão do Sport

Já na saída de jogo o Sport fez uma pressão grande sobre o Santa Cruz, e na jogada que se construiu pela intermediaria de ataque, Marlone recebeu na área e fuzilou. Sport na frente do placar logo no primeiro minuto de jogo. A partir desse momento o tricolor tentou colocar a bola no chão e devolver ao Sport  o prejuízo sofrido. Com os ataques tentando aparecer, muitas infrações são cometidas, tando o Santa Cruz que sai para o jogo e fica mais exposto, quanto o Sport que não deixa o tricolor jogar.Com o gol no começo a defesa do Santa Cruz aparentava estar desestabilizada e nervosa. Rogério teve a chance do segundo gol, saiu sozinho com Machowski mas se chutou sem qualidade o goleiro espalmou.


Ânimos exaltados

Aos 32 minutos, por uma jogada disputada na lateral esquerda do Santa, Thomás e Ávila se estranharam. Jogadores do Sport e do Santa Cruz iniciaram um princípio de tumulto controlado pelo árbitro da partida, Nielson Nogueira Dias que apenas conversando resolveu acabar com a confusão. O saldo desse episódio, foi cartão amarelo para o goleiro Thiago Machowski que saiu do gol para entrar na briga.


Segundo gol do Leão

Com melhor futebol no primeiro tempo, o Sport foi aos poucos criando chances e pressionando o Santa Cruz que na tentativa de chegar ao gol leonino foi dando espaço e se mostrando desatento na marcação. Tanto que na reta final do primeiro tempo, Thomás chegou na linha de fundo e obrigou a defesa do Santa a tirar. No escanteio Raul Prata cruza e com a bola na área, Anselmo chegou como elemento surpresa para finalizar e ampliar o marcados. Sport saindo do primeiro tempo com vantagem enorme para ficar com a vaga nas semis.


Segundo tempo

Os times voltaram para a etapa final sem nenhuma alteração no time, mas houve mudança no modo de jogo das equipes. O Sport voltou determinado a encerrar qualquer jogada que oferecesse perigo ao Leão, com Anselmo taticamente fazendo parar o jogo com faltas para não deixar o tricolor criar perigo.  Aos 12 minutos, o Santa teve uma falta pela esquerda de ataque, Robinho cobrou com categoria, Magrão tentou chegar na bola, não conseguiu e ela foi na trave com força e saiu. O goleiro do Sport bateu a cabeça no poste esquerdo e precisou ser atendido no gramado.


Magrão fora

Com a pancada na cabeça, Magrão até tentou continuar na partida, mas não conseguiu e foi substituído por Agenor, com um corte na cabeça o arqueiro rubro-negro saiu aparentando estar bem, e foi conduzido ao vestiário pelo médico do Sport, Rodrigo Perez.


Anselmo, o dono do jogo

Quando o Sport fez a segunda substituição colocando Índio no ataque, o Sport estava buscando mais um gol, e tinha um escanteio para punir. A bola foi cruzada por Marlone e Tiago Machowski se atrapalhou com os zagueiros, Anselmo na área não vacilou e empurrou pro gol. 3 a 0. Daí para frente foi só administrar um Santa abatido e desencontrado em campo para comemorar a vitória. Agora o Sport espera o Central que venceu o América na outra chave das quartas e se classificou.


Ficha do Jogo


Sport

Magrão(Agenor); Raul Prata, Léo Ortiz, Ronaldo Alves, Sander; Anselmo, Neto Moura, Gabriel; Marlone, Rogério(Índio) e Thomás.


Santa Cruz

Tiago Machowski; Vitor, Genilson, Augusto Silva, Henrique Ávila; Luiz Otávio, Leandro Salino, Arthur Rezende; Robinho, Fabinho Alves e Hericles


Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE). Horário: 21h45. Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE). Assistentes: Clóvis Amaral (PE) e Ricardo Chianca (PE). Gols: Marlone, Anselmo 2x (Sport). Cartões Amarelos: Ronaldo Alves, Raul Prata (Sport); Tiago Machowski, Augusto Silva (Santa Cruz) Público e Renda: 15.189 presentes R$ 283.685,00.

 

 

 

JC

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia