Publicada em 15/03/2018 às 09h37.
Preso em Xexéu mototaxista acusado de assassinato em 2017
Josivaldo Gomes da Silva tinha um mandado de prisão por homicídio e estava foragido desde 2017.

(Foto: Reprodução/Whatsapp da Redação)


A Polícia Civil de Xexéu, na Mata Sul pernambucana, prendeu um dos irmãos que em 2017 assassinou um rapaz com diversos disparos de arma de fogo. O crime, na época, foi motivado por ciúmes.


Por volta das 17h de quarta-feira (14), após um longo trabalho de investigação realizado pela Polícia Civil, foi cumprido mandado de prisão pelo crime de homicídio contra Josivaldo Gomes da Silva, 31, que encontrava-se foragido. Através da permissão concebida pela proprietária da casa, o delegado titular da DP de Xexéu, encontrou o acusado escondido debaixo da cama.


(Foto: Reprodução/Whatsapp da Redação)


Foi dada a voz de prisão ao mesmo, que não reagiu e foi encaminhado ao presídio Rorenildo da Rocha Leão.

 

Entenda o caso:


 

(Foto: Reprodução/Whatsapp da Redação)


Funcionários do Hospital Regional dos Palmares informaram à polícia de que havia dado entrada naquela unidade de saúde um homem e uma mulher, com ferimentos provocados por tiros. O efetivo deslocou-se ao local e constatou que uma das vítimas,  identificada como Josimário Lins Barreto, 36, havia falecido no hospital.


De acordo com a sobrevivente, Rejane Maria da Silva, 23, namorada da vítima fatal, dois elementos, em uma motocicleta de cor e placa não anotada, aproximaram-se deles e efetuaram vários disparos de arma de fogo em direção do seu companheiro, sendo ela atingida de raspão na orelha esquerda.


Segundo informações de populares, o crime foi motivado por ciúmes de relacionamentos passados. Os suspeitos foram identificados como “Josimário" e "Josivaldo”. Ambos fugiram e até o momento não foram localizados pela polícia. 

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia