Publicada em 13/02/2018 às 07h48.
Vai se jogar no bloco? Cuidado com a pele
Dicas para curtir a folia, cuidar a pele e prevenir doenças como câncer de pele e o melanoma.

© REUTERS / Ricardo Moraes (Foto de arquivo)

 

Os dias mais longos e as altas temperaturas do verão aliados ao feriado de Carnaval atraem as pessoas para blocos, praias e atividades ao ar livre. Mas o convívio nesses ambientes e a exposição exagerada ao sol exigem um cuidado especial com a saúde da pele, principalmente, proteção solar e hidratação. Além do incomodo das queimaduras solares, doenças graves como o câncer de pele e o melanoma podem ser evitados com práticas simples:


PROTEJA-SE

• Abuse do protetor solar em todas as partes do corpo. Repita a aplicação diversas vezes e não apenas no início da atividade. E lembre-se: protetor solar bloqueia somente até 55% dos raios ultravioleta que danificam a pele. 


• Além de óculos de sol, use chapéus e bonés de abas largas e proteja as partes mais expostas.


• Evite ficar sob o sol entre as 10 e 16 horas, quando a irradiação de ultravioleta é maior.


• Conheça o histórico de problemas de pele na sua família. Ele pode indicar a necessidade de cuidados especiais. 


• Durante o verão, por conta das altas temperaturas, perdemos maiores quantidades de água. Por isso, devemos estar sempre atentos, ingerir água regularmente e manter a hidratação contínua do nosso corpo.


ATENÇÃO AOS ALERTAS DA SUA PELE

Geralmente, o câncer de pele surge com pequenos sinais, como pintas ou lesões novas que surgem na pele. O câncer de pele corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). A mais grave forma de câncer de pele, o melanoma, pode levar à morte a partir de uma pequena pinta. São estimados 6.260 novos casos no Brasil, de acordo com o INCA, e no mundo são cerca de 200 mil novos casos de melanoma ao ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Não são raros os melanomas que surgem como pequenas pintas nos pés ou nas costas. Por isso, um autoexame rotineiro é fundamental.


TRATAMENTO

 

No caso do melanoma, se identificado precocemente, faz-se cirurgia no local. Mas se o melanoma se espalha para outras partes do corpo (metástase), o tratamento pode ser realizado com medicamentos de última geração. 

 

 

Notícias ao Minuto

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia