Publicada em 14/02/2018 às 16h00.
Beija-Flor é consagrada a campeã do carnaval do Rio de Janeiro
Apuração do Grupo Especial foi feita na tarde desta quarta-feira (14).

 


A Beija-Flor levou à Marquês de Sapucaí um um paralelo entre o romance "Frankenstein" e mazelas sociais brasileiras fez com que a escola trouxesse para a avenida a corrupção, desigualdade, violência e intolerâncias de gênero, racial, religiosa e até esportiva.


Treze escolas brigavam pelo reconhecimento, em um ano de um carnaval mais naturalista, justificado pelo menor orçamento das escolas. Elas foram julgadas em nove quesitos: bateria, samba-enredo, harmonia, evolução, enredo, alegorias e adereços, fantasias, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira. Conforme sorteio realizado nesta tarde pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro - Liesa, o samba-enredo foi o primeiro critério de desempate. O segundo, fantasia. Duas escolas serão rebaixadas para o grupo de acesso: Império Serrano e Grande Rio. 

 

Noticiasaominuto

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia