Publicada em 24/08/2019 às 09h33.
Rivalidade e sobrevivência em jogo no Clássico das Emoções
Náutico e Santa Cruz se enfrentam neste sábado (24), nos Aflitos, pela última rodada do Grupo A da Série C.

Foto: Arthur de Souza e Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

 

Rivalidade e sobrevivência são as duas palavras que movem o Clássico das Emoções deste sábado, entre Náutico e Santa Cruz, nos Aflitos, pela última rodada da primeira fase da Série C 2019. A primeira reflete o sentimento dos alvirrubros. Já classificados para as quartas de final, o Timbu, atual vice-líder do Grupo A, com 30 pontos, almeja a liderança da chave. Mas, a verdade é que o desejo da torcida é outro: eliminar um rival da luta pelo acesso à Série B. Em quinto, com 25 pontos, a Cobra Coral terá 90 minutos para definir se segue no torneio ou encerra a temporada tendo que planejar o ano de 2020 novamente na terceira divisão.


Esconder a escalação para o Clássico das Emoções que vale vaga nas quartas de final da Série C? Nada disso. O técnico Milton Mendes confirmou os titulares. “Sabemos que o Náutico tem uma excelente equipe e está classificado. Nós que precisamos vencer e por isso vamos jogar com um time ofensivo”, indicou. O Santa Cruz não depende apenas de si para ocupar uma das vagas do G4. Há dois caminhos para a classificação coral. O mais complicado seria com um empate no Clássico das Emoções. Se isso acontecer, será preciso torcer por um empate ou derrota do Botafogo/PB (7º, com 24) diante do Treze (8º, com 18), além de um revés do Imperatriz/MA (3º, com 25) contra o líder Sampaio Corrêa, com 31. 


Vencendo o Náutico, o Santa Cruz pode se classificar em dois casos. O primeiro seria com um empate ou derrota do Confiança (4º, com 25) para o Ferroviário (6º, com 24). Se os sergipanos vencerem, o secador se voltará para um empate ou derrota do Imperatriz. Com um dos dois casos ocorrendo, o Tricolor fica em quarto. Se ganhar e tiver toda a rodada ao seu favor, o clube pula para terceiro. Por não depender apenas de si, a Cobra Coral corre o risco de ficar fora do G4 mesmo vencendo o Náutico. Isso aconteceria se Imperatriz e Confiança ganhassem seus respectivos jogos.


Enquanto Milton divulgou o time, o técnico do Náutico, Gilmar Dal Pozzo, fez mistério. "Faz parte do processo (de preparação) criar alguma dúvida. Não é nem para o torcedor ou vocês (jornalistas), mas para o adversário", explicou. Ele, porém, já confirmou que os atacantes Matheus Carvalho e Paulinho estão fora por ordem clínica. Pendurado com dois cartões amarelos, o zagueiro Camutanga é dúvida e tudo indica que será substituído por Rafael Ribeiro. Na frente, o artilheiro do time na Série C, Thiago, com cinco gols, deve ser poupado. Neto e Jefferson Nem são as opções no setor.


Segundo colocado do Grupo A, o Náutico pode terminar em primeiro se vencer o clássico, somado ao empate ou derrota do líder Sampaio Corrêa. Se empatar o jogo diante do Santa, o topo só será do Timbu se a Bolívia Querida for derrotada. As equipes teriam a mesma pontuação, mas os alvirrubros levariam vantagem no saldo de gols. Em caso de derrota, os comandados de Dal Pozzo terminarão em segundo.


Tabu


Gilmar Dal Pozzo e Milton Mendes já se enfrentaram outras três vezes na carreira - todas em Clássicos das Emoções, com cada profissional defendendo os mesmos clube de agora. A vantagem é de Milton, vencedor em todas as ocasiões. Além do 1x0 no duelo de ida da Série C, no Arruda, Milton levou a melhor em dois confrontos em 2016, pela Série B. Na casa do Santa, vitória por 3x1. Na Arena de Pernambuco, então reduto do Náutico, novo triunfo, desta vez por 2x1. Jogo esse, inclusive, que marcou a demissão de Dal Pozzo do Timbu.


Ficha técnica


Náutico


Jefferson; Hereda, Diego Silva, Rafael Ribeiro e Erick Daltro (Willian Simões); Josa, Jiménez e Jhonnatan; Neto, Álvaro e Rafael Oliveira. Técnico: Gilmar Dal Pozzo


Santa Cruz


Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão e Victor Lindenberg; Charles, Everton e Daniel Costa; Dudu, Augusto e Elias. Técnico: Milton Mendes


Local: Aflitos (Recife/PE)

Horário: 17h

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ). Assistentes: Michael Correia e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (ambos do RJ)

Transmissão: DAZN

 

FONTE: FOLHAPE

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar