Publicada em 24/08/2019 às 10h36.
Diante da Ponte Preta, Sport tenta fincar raízes no G4
Na quarta colocação, com 29 pontos, o Leão vai até Campinas precisando vencer a Macaca para se manter entre os primeiros.

Créditos: Anderson Stevens/Sport Clube do Recife

 

Engrenar para permanecer no G4 é a ordem no Sport. Buscando pela primeira uma sequência de três vitórias seguidas nesta Série B, o Leão encara a Ponte Preta, neste sábado (24), no Moisés Lucarelli. Com início às 19h, o duelo é uma briga direta pelo tão sonhado grupo dos quatro primeiros. Vindo de duas vitórias seguidas, os pernambucanos somam 29 pontos e estão na quarta colocação.

 

Isso porque a Macaca, que poderia ter roubado essa posição, foi derrotada em casa na rodada passada, pelo CRB, e estacionou nos 26 pontos, caindo para a sétima colocação na classificação geral da Segundona.


Além de vir num melhor momento, os rubro-negros querem também melhorar ainda mais os bons números que possuem atuando fora de casa. Nos oito confrontos que fez longe de Recife, o Sport venceu três, empatou três e perdeu apenas dois, computando um aproveitamento de 50%, o quinto melhor desta Série B nesta situação.

 

Na última rodada, o time bateu o Vila Nova por 2x0, numa atuação segura e sem sustos no quesito futebol. Isso porque nas lesões a bruxa parecia solta. Ainda no primeiro tempo, a equipe leonina perdeu o lateral-esquerdo Sander e o zagueiro Adryelson, ambos lesionados.


Nesta semana, o Departamento Médico do Sport vetou o lateral, que irá passar mais uma semana longe dos gramados, já que sofreu um traumatismo craniano leve e precisará ficar de molho. No seu lugar, o lateral-direito Raul Prata deve atuar improvisado, como aconteceu durante o último jogo. No caso de Adryelson, apesar da lesão no ombro na partida, ele se recuperou bem e foi liberado pelos médicos leoninos.


A grande notícia para o treinador Guto Ferreira ficar por conta do volante Marcão, que retorna após cumprir suspensão. Com a derrota do adversário na última rodada, o rubro-negro faz um alerta. "Todos sabemos que eles virão com essa responsabilidade ainda maior de vencer por terem perdido o último jogo. Mas, estamos preparados e precisamos também da vitória", comentou Marcão.


No ataque, a terceira e última mudança em relação ao time titular da última partida. Recuperado de dores musculares, o atacante Hernane Brocador volta ao time titular, com Élton voltando a ficar como opção no banco de reservas.


Ponte Preta


Precisando se recuperar da derrota para o CRB, o treinador Jorginho fechou a última movimentação da Macaca e deixou o mistério no ar. O volante Edson retorna de suspensão e deve assumir a vaga de Washington. Na armação, Matheus Vargas pode perder a posição. Rafael Longuine e Everton brigam por uma vaga, Já o zagueiro Henrique Trevisan retorna após cumprir suspensão.

 

Folha PE

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar