Publicada em 04/07/2020 às 10h41.
Transações online exigem cuidados
E-commerce e pedidos de empréstimos devem ter maior atenção pelos usuários.


Pedidos de empréstimo e e-commerce requerem cuidado - Foto: Reprodução


Com a pandemia do coronavírus e a grande movimentação do e-commerce brasileiro, os golpes e fraudes financeiros aumentam proporcionalmente e exigem dos usuários cuidados redobrados na hora de comprar online. A diretora do Procon Recife, Ana Paula Jardim, e a gerente de negócios da Sicredi Recife, Sandra Bradley, dão dicas de como se proteger e não cair em fraudes.


Ana Paula comenta que as denúncias relacionadas às compras online cresceram bastante. “Os consumidores devem ter muito cuidado com os empréstimos, principalmente com empresas desconhecidas”. De acordo com ela, para verificar se a empresa é confiável, o consumidor deve consultar a situação do CNPJ no site da Receita Federal. Outra forma é buscar na internet se existem reclamações sobre aquela empresa. 


Para verificar se o site de compra é confiável, Ana diz que é importante verificar se existe um símbolo de cadeado ao lado do URL e se o início do link possui “Https”, com o S final. Sem o S e o cadeado, o consumidor deve ficar atento e buscar confirmar de outras formas a veracidade daquele site. 


Caso seja vítima de alguma fraude, o consumidor deve criar um boletim de ocorrência no site da Secretaria de Defesa Social e entrar em contato com o Procon, através dos canais oficiais. Além disso, é importante juntar as provas relacionadas aquele golpe e as informações da empresa. “Quando não se tem dados da empresa o Procon não consegue notificar e dificilmente o dinheiro será recuperado”, alerta Ana. 


Sandra alerta para golpes com boletos falsos, mensagens maliciosas por aplicativos e até lives com QR Codes adulterados. “Todo boleto ou solicitação recebida, seja por e-mail ou mensagem, deve ser verificado através do canais oficiais da instituição. É muito difícil que um banco, por exemplo, entre em contato pedindo dados dos clientes”, pontua. 


No caso do QR Code em lives, Sandra diz que deve-se ter cuidado quando as lives não forem ao vivo, quando elas estiverem salvas em algum local, o que facilita o processo de falsificação. Ainda de acordo com ela, o uso do cartão virtual é uma boa alternativa para compras online, visto que fornece um número temporário, garantindo maior segurança para o usuário.

 


FONTE: FOLHA PE 

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia
 
Nova + © 2020
Desenvolvido por RODRIGOTI