Publicada em 16/06/2019 às 16h36.
Indivíduo é executado a tiros dentro de uma residência, em Catende
Os meliantes que praticaram a ação foram identificados por algumas testemunhas. Eles fugiram e estão sendo procurados pelas autoridades.

 

Acusado conhecido como "Mago"

Imagem: WhatsApp da Redação/ Portal Nova Mais

 

Um indivíduo foi assassinado no bairro do Avilã, município de Catende, zona da Mata Sul do estado. O crime aconteceu no último sábado (15), e está sendo investigado pela polícia.


O homem, de vulgo “Goguinha”, apresentava várias perfurações pelo corpo, causadas por arma de fogo. Populares contaram que ele cumpria pena há oito anos por tráfico de drogas e havia sido liberado para passar uma semana com a família.


Após o levantamento cadavérico, o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto de Medicina Legal), de Recife, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.


Motivações


Na última quarta-feira (12), uma operação policial foi realizada no bairro Bambuluá. Neste mesmo dia, o elemento chegou na cidade, onde passaria uma semana em liberdade.


Segundo as autoridades, momentos antes das viaturas realizarem o cerco no local, o detento foi visto correndo, o que fez os traficantes acreditarem que ele tivesse repassado informações para os oficiais.


Planejando o homicídio


Ao ser informado sobre a suposta delação, o chefe do tráfico na localidade, conhecido por “Mateus”, que está preso, ordenou que a vítima fosse assassinada. Ele ainda determinou que os marginais conhecidos como “Biu”, e “Mago” realizassem a tarefa.


De acordo com o efetivo, Biu está foragido do sistema prisional. Ele está escondido na referida favela e rompeu o lacre da tornozeleira eletrônica. O outro acusado, que veio da capital alagoana para integrar o grupo criminoso, é o responsável por executar todos que causam problemas na área do seu primo, Mateus. Desde que chegou a Catende, ele já se envolveu em diversos homicídios.


Foragidos da Justiça


Testemunhas afirmaram que os dois imputados são os responsáveis pela morte do indivíduo. Eles conseguiram fugir após a ação.


Foram realizadas várias diligências na tentativa de localizá-los, mas a falta de iluminação, as fortes chuvas e o difícil acesso ao local, dificultaram as buscas.

 

 Acusado conhecido como "Biu"

Imagem: WhatsApp da Redação/ Portal Nova Mais

 

 

 

 

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia