Publicada em 13/11/2019 às 08h46.
Mergulhadores recolhem 125 kg de resíduos com óleo em Pernambuco
Fragmentos continuam sendo encontrados no litoral do Estado.

Imagem: Inaldo Costa / Divulgação 


Fragmentos de petróleo cru continuam sendo recolhidos no litoral pernambucano. Na terça-feira (12), uma equipe de mergulhadores da operação “Amazônia azul, mar limpo é vida” retirou 100 kg de resíduos com óleo e areia que estavam sedimentados no leito do rio Persinunga, em São José da Coroa Grande, na divisa entre Pernambuco e Alagoas.


Com isso, só esta semana foram recolhidos 125 kg no Estado. O material foi encaminhado para a Defesa Civil, que fará o descarte.


Na segunda-feira (11), os fuzileiros navais já tinham encontrado 25 kg no estuário do Persinunga. Entre os mais de 700 agentes da Marinha que chegaram ao Estado no último domingo, o efetivo de 50 mergulhadores se concentrou em São João de Coroa Grande, onde foi constatada a maior quantidade de óleo, mas também foram feitos mergulhos na ilha de Itapessoca, no município de Goiana.


“Os estuários têm sido o foco da nossa ação porque, ao encontrar a água doce do rio, o óleo tem se assentado no solo”, explica o capitão de fragata Luiz Felipe de Almeida Rodrigues.


Ao todo, 725 fuzileiros navais, incluindo oficiais e praças, desembarcaram no fim de semana no Porto de Suape, onde foi instalada a base da operação. O objetivo é reforçar os trabalhos de limpeza da costa nordestina.


Segundo o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), até a última segunda-feira, 494 localidades de 10 estados, sendo os nove do Nordeste mais o Espírito Santo, foram afetadas pelo derramamento.


FONTE: FOLHA PE 

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
 
Nova + © 2019
Desenvolvido por RODRIGOTI