Publicada em 14/03/2018 às 07h41.
Artista plástica é achada morta em casa no Sítio Histórico de Olinda
De acordo com a PM, Maria Alice Soares do Anjos, 74 anos, foi encontrada na com lesões na cabeça, na noite de terça (13)..

Rua Treze de Maio fica no Sítio Histórico de Olinda, no Grande Recife

(Foto: Reprodução/Google Street View)

 

Uma arquiteta aposentada foi encontrada morta em casa, no Sítio Histórico de Olinda, no Grande Recife, na noite de terça-feira (13). De acordo com o 1º Batalhão da Polícia Militar, a artista plástica Maria Alice Soares dos Anjos, 74 anos, apresentava ferimentos na cabeça. A principal hipótese é de que "Baixinha, uma das fundadoras do bloco carnavalesco “Eu Acho é Pouco”, tenha sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.


Segundo a PM, a casa da vítima, na Rua Treze de Maio, localizada nas proximidades do Museu do Mamulengo, estava revirada. Havia sinais de que o imóvei foi invadido e que pessoas estavam à procura de objetos no local.


A lesão na cabeça pode ter sido provocada por um objeto contundente. Outra possíbilidade, segundo a PM, é de que a mulher tenha caído no chão após um problema de saúde.


A PM foi acionada por volta das 21h30 de terça-feira. Os militares isolaram a área e os peritos do Instituto de Criminalística (IC) coletaram provas.


Investigações

Segundo informações da Polícia Civil, além de a casa de Maria Alice ter sido revirada, os agentes constataram que objetos foram levados. A bolsa da artista plástica e dois celulares despareceram. isso reforça a hipóteste de roubo seguido de morte. A idosa apresentava quatro ferimentos na cabeça, segundo a Polícia Civil.


 

Segundo a polícia, vizinhos estranharam o fato de Maria Alice não ter ido a uma aula de ginástica, como costumava fazer todos os dias. Por isso, entraram na residência dela, por meio do imóvel vizinho. Ela estava caída no chão.

 

 

 

G1

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia