Publicada em 11/01/2017 às 09h44.
Hospital da Restauração procura família de idosa campestrense que foi atropelada pelo metrô
Mulher perdeu o braço na colisão. Segundo o hospital, ela não fala com clareza.


O Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife, está à procura de familiares da idosa que foi atropelada pelo metrô no dia 2 de janeiro. Na colisão, a mulher teve um braço decepado.


Segundo o hospital, a senhora tem falado pouco desde o acidente, mas disse se chamar Maria José da Silva, ter 51 anos e alegou que vivia em Campestre, uma pequena cidade de Alagoas, que faz fronteira com Água Preta, em Pernambuco. Desde o atropelamento, ela passou por cirugria e está internada na enfermaria do 6º andar do HR. Atualmente, ela recebe cuidados da equipe, que faz curativos e administra medicação. A idosa está em bom estado de saúde.


O hospital afirmou que vai tentar de todas as formas localizar familiares da senhora. Mesmo que ela receba alta, permanecerá na unidade até que se esgotem todas as possibilidades de encontrar algum parente. Após todas as tentativas, ela pode ser encaminhada a um abrigo municipal ou estadual.


Quem tiver informações sobre a família da idosa pode entrar em contato com o Serviço Social do HR pelo telefone (81) 3181-5516.

 

FolhadePE

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia