Publicada em 12/08/2017 às 08h13.
Desafio da água quente no Youtube faz vítima fatal
Diante da gravidade do jogo, pais e responsáveis das vítimas estão se juntando para alertar sobre os perigos do desafio.

(Reprodução do site Curiosamente)

 

O desafio que começou como uma brincadeira tem colocado em risco a saúde de muitos jovens que entram nessa onda. No final do mês de julho de 2017, o Hot water challenge, ou “desafio da água quente” fez sua primeira vítima fatal: Ki’ari Pope, uma menina de 8 anos. O “jogo” tem como objetivo surpreender amigos ou familiares jogando água fervente em cima deles. O ato deve ser filmado e compartilhado na plataforma YouTube, onde o vídeo viraliza. A “brincadeira” também envolve outros tipos de incitação, como beber água em altíssima temperatura e submergir alguma parte do corpo em um recipiente com água fervente. Diante da gravidade do jogo, pais e responsáveis das vítimas estão se juntando para alertar sobre os perigos do desafio.


A criança falecida, natural do estado norte-americano da Flórida, teve complicações no sistema respiratório quando aceitou a proposta feita por sua prima de beber água em estado de fervência. COm um canudo, Ki’ari Pope ingeriu o líquido e sofreu graves queimaduras na boca e na garganta. Inconsciente, foi submetida a uma traqueostomia, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo horas após a cirurgia, segundo a CBS.

 

(Reprodução do You Tube)

 

Ki’ari foi uma vítima fatal, mas existem centenas de outras pessoas que estão sofrendo graves queimaduras por conta da “brincadeira”. O vídeo acima mostra o momento em que um jovem é surpreendido com uma panela de água em altíssima temperatura, jogado pela própria irmã. Mas os casos de variações do desafio que, a cada semana, são upados na plataforma são muitos e normalmente envolvem crianças e adolescentes.

(Reprodução do You Tube)

 

(Reprodução do You Tube)

 

 

Curiosamente

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Região: Últimas notícias
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia