Publicada em 16/03/2018 às 16h01.
Homem é preso e adolescentes são apreendidos em operação no Litoral Sul
Dentre os adolescentes está uma menina de 13 anos. Todos são membros de uma organização criminosa responsável por tráfico e por homicídios em Ipojuca

O delegado Ney Luiz, responsável pelo caso, informou que na última sexta-feira (9), dois homicidas ligados ao grupo já haviam sido presos no mesmo município / Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foto: Divulgação/Polícia Civil


Um homem foi preso e três adolescente apreendidos por porte ilegal de arma e tráfico de drogas na noite dessa quinta-feira (16), em Ipojuca, Litoral Sul de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, Alexsandro José da Silva, de 19 anos, e os outros menores de idade fazem parte de uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas, roubos e homicídios.


O delegado Ney Luiz, responsável pelo caso, informou que, na última sexta-feira (9), dois homicidas ligados ao grupo já haviam sido presos no mesmo município. Após informações de pessoas praticando roubos e andando armadas na localidade, os policiais se deslocaram até o local e encontraram em uma casa, aparentemente abandonada, Alexsandro e os adolescentes, entre eles uma menina de 13 anos. Com eles, foram apreendidos dois revólveres, uma espingarda calibre 12 e drogas. O grupo informou que a espingarda foi usada em um homicídio cometido em fevereiro deste ano e que um dos revólveres foi roubado de seguranças da usina da Ipojuca. 


A polícia informou ainda que está investigando e procurando o líder da quadrilha, Thiago Matheus de Lima, de 18 anos, conhecido como Tobias. O delegado disse também que, em 2016, Thiago confessou ter cometido seis homicídios na localidade de Ipojuca.

Com a prisão de Alexsandro e a apreensão dos três adolescentes, a polícia espera ter mais informações sobre o paradeiro do líder da organização criminosa. Os homicídios cometidos pelo grupo estão ligados a uma guerra entre os grupos de Ipojuca e Porto de Galinhas. Para o delegado Sérgio Ricardo, diretor integrado metropolitano, a desarticulação do grupo pode reduzir os crimes na área. “É uma queda que a gente dá na criminalidade e violência lá no município de Ipojuca”, comentou.

JC Online
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia