Publicada em 15/04/2019 às 10h32.
Após sair em desvantagem na decisão do PE, Náutico tenta repetir feito de 15 anos atrás
Última vez que o Timbu saiu atrás nas finais e conseguiu conquistar título foi em 2004; último a reverter resultado em decisão foi o Sport, em 2010.

Créditos: Google

 

Com a derrota para o Sport, em casa, na tarde do último domingo, o Náutico terá que reverter resultado para conquistar seu 23º título do Campeonato Pernambucano. A última vez que o Timbu conseguiu reverter um resultado após sair atrás no primeiro jogo foi na final de 2004, quando foi derrotado em casa pelo Santa Cruz pelo placar mínimo e venceu o jogo da volta, no Arruda por 3 a 0.


Há 15 anos atrás, o Timbu foi derrotado pelo mesmo placar, mas contra outro rival, o Santa Cruz. Sob o comando de Zé Teodoro, o time Timbu, que fora derrotado em casa com gol de Iranildo, precisava vencer por dois gols ou mais de diferença e sem seu maestro, o meia Gil Baiano, que foi expulso no jogo da ida.


No Arruda, os alvirrubros viraram o placar da decisão em apenas três minutos. No primeiro minuto da partida, o zagueiro Batata, abriu a contagem após completar de cabeça a cobrança de falta de Marco Antônio. Dois minutos depois, Jorge Henrique marcou o segundo. No início do segundo tempo, Kuki completou o marcador. 3 a 0 e o terceiro título do Náutico no século XXI.


Última virada em Pernambuco


O Campeonato Pernambucanode 2010 foi o último em que houve uma ‘remontada’ nas duas partidas finais. Na ocasião, o certame tinha Sport e Náutico como finalistas e o Leão conseguiu reverter o placar em casa e sair de campo com a 39ª taça do Estadual.


A primeira partida foi disputada nos Aflitos e o Náutico começou arrasador. Abriu um 3 a 0 impiedoso, com Rodrigo Dantas, Bruno Meneghel e Carlinhos e um banho tático de Alexandre Gallo em Givanildo Oliveira, que treinava o Leão. No segundo tempo, o Sport reagiu com gols de Zé Antônio e Tobi, que mantiveram o Rubro-negro vivo na decisão.


No jogo na Ilha do Retiro, o Sport fez valer seu mando de campo e venceu por 1 a 0, gol de Leandrão. Pelo critério de gols fora de casa, o Rubro-negro conseguiu reverter o resultado da derrota nos Aflitos e garantir seu 39º título.

 

SuperEsportes

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia