Publicada em 26/05/2019 às 08h44.
Santa Cruz conta com a sorte e vence primeira na Série C
Na estreia do técnico Milton Mendes, Santa sai atrás no placar, mas virou com gols de Pipico e Misael.

Imagem: Folha PE

 

Na estreia do técnico Milton Mendes, o Santa Cruz contou com a sorte para bater o ABC, em jogo válido pela 5ª rodada da Série C. Em partida fraca tecnicamente, realizada no Arruda, o Tricolor saiu atrás do marcador, mas buscou o empate com Pipico, e chegou à virada com um lance bizarro do goleiro Edson para vencer sua primeira partida na competição nacional.


No início da partida, o Santa Cruz pressionou a saída de bola do ABC, como vinha pedindo o técnico Milton Mendes, dificultando a troca de passes adversária, mas sem ameaçar a meta defendida pelo goleiro Edson. Quando os potiguares começaram a se encontrar em campo, ofereceram perigo em duas oportunidades, principalmente pelo lado direito da zaga tricolor. Primeiro, Luan driblou dois marcadores e bateu no canto de Anderson, que só fez golpe de vista. Logo em seguida, Joécio tentou de fora da área, e o goleiro coral fez bela defesa.


Oscilando durante os 45 minutos iniciais, o Santa tinha dificuldades na criação de jogadas. A única grande chance saiu em rápido contra-ataque puxado por Allan Dias. Jogando de segundo volante, o camisa 22 lançou Misael, que achou Celsinho livre pelo meio. Responsável pela criação, o estreante da noite rolou para Everton, que bateu colocado carimbando o travessão de Edson, aos 38. Sem mais emoções, os times foram para o intervalo sob um misto de vaias e aplausos no Arruda.


Na segunda etapa, o jogo continuava fraco tecnicamente, e as equipes tentavam realizar suas jogadas na base da transpiração. Sem oferecer perigo ao ABC, Milton Mendes lançou Guilherme Queiroz, Cesinha e Elias Carioca, nas vagas de Celsinho, Marcos Martins e Allan Dias. As alterações demoraram a surtir efeito, e os torcedores presentes no Arruda viram os visitantes abrirem o placar. Depois de bom lançamento de Anderson Rosa, Maicon aproveitou a falha de João Victor e tocou para Jefinho. O atacante bateu no alto, sem chances para Anderson, aos 27.


Entretanto, o time do técnico Sérgio Soares não teve muito tempo para comemorar. Logo em seguida, o Santa chegou na área adversária com Guilherme Queiroz. Na hora do arremate, o camisa 17 foi derrubado por Anderson Pedra, e o juiz assinalou pênalti. Na cobrança, Pipico deslocou Edson e deixou tudo igual. Com o jogo mais aberto, as equipes se revezavam no ataque, e quando parecia que o confronto iria terminar empatado, um lance bizarro da zaga do ABC resolveu o duelo. Aos 48, Maicon tocou para o goleiro Edson, que ao tentar afastar a bola acabou furando. A pelota sobrou para Misael empurrar para as redes e garantir a primeira vitória do Tricolor na Série C. 


Ficha do Jogo


Santa Cruz 2

Anderson; Marcos Martins (Cesinha), William Alves, João Victor e Bruno Ré; Charles, Allan Dias (Elias Carioca) e Celsinho (Guilherme Queiroz); Everton, Misael e Pipico. Técnico: Milton Mendes


ABC 1

Edson; Maicon, Maurício, Joécio e Jonathan (Evandro); Pedra, Valdemir e Anderson Rosa; Jefinho, Luan e Hélio Paraíba. Técnico: Sérgio Soares.


Local: Estádio do Arruda

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (ambos de AL)

Gols: Pipico, aos 31 do 2T e Misael, aos 48 do 2T; Jefinho, aos 27 do 2T

Cartão amarelo: Misael, William Alves (STA); Hélio Paraíba, Maurício (ABC)

 

Folha PE

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia
 
Nova + © 2019
Desenvolvido por RODRIGOTI