Publicada em 16/08/2019 às 09h14.
Avião decola e tem que voltar ao aeroporto por causa de problemas mecânicos
Segundo Infraero, aeronave seguiria para o Rio de Janeiro e, dez minutos após decolar, pediu para voltar.

Imagem: Reprodução/Aeroin

 

Um avião da Gol decolou do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes/Gilberto Freyre, no fim da tarde da última quinta-feira (15), e foi obrigado a voltar ao terminal por causa de problemas mecânicos, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). A aeronave, que fazia o voo 1861, seguia para o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão/Tom Jobim.


Por telefone, a assessoria de comunicação da Infraero informou ao G1 que o avião decolou às 17h55 da capital pernambucana e, às 18h05, foi solicitado o retorno ao Recife.


A Infraero disse, ainda, que o pouso ocorreu por volta das 19h. A empresa informou que a “aeronave entrou em manutenção”, mas não disse qual foi o problema detectado.


A Gol informou, por meio de nota, que a aeronave apresentou "uma limitação técnica" após a decolagem. O avião, segundo a empresa, retornou ao aeroporto de origem para "avaliação da equipe de manutenção".


Os clientes, informou a Gol, "estão recebendo assistência necessária até a decolagem, prevista para acontecer às 4h15 [de sexta]". A empresa lamentou os transtornos, mas reiterou que "ações como essa visam garantir a segurança".


Outros problemas


Na quarta-feira (14), um boato sobre uma bomba dentro de um avião atrasou um voo que saiu do Aeroporto do Recife. A Polícia Federal (PF) foi acionada para a ocorrência e informou que o caso foi informado por um passageiro, dentro da aeronave, mas que a informação não procedia.


De acordo com a Infraero, a companhia foi acionada para a ocorrência às 14h. O voo de número 2502 estava saindo do Recife para Natal, capital do Rio Grande do Norte, operado pela companhia Azul Linhas Aéreas.


Em 1º de abril deste ano, um choque com aves ocorrido na pista do Aeroporto do Recife impediu a decolagem de um avião que seguiria para o terminal de Congonhas, em São Paulo. Por medida de segurança, os passageiros tiveram que desembarcar, aguardar orientações da Gol e tentar conseguir uma vaga em outro voo.

 

G1

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia
 
Nova + © 2019
Desenvolvido por RODRIGOTI