Publicada em 24/11/2020 às 13h41.
Amapá tem 100% da energia restabelecida, diz Ministério
Estado passou 21 dias com fornecimento reduzido de eletricidade em 13 dos 16 municípios; dois apagões ocorreram nesse período.

Sistema elétrico do Amapá foi restabelecido após 21 dias - Foto: Reprodução/Twitter @randolfeap


O Ministério das Minas e Energia afirmou, nesta terça-feira (24), que chegou ao fim a crise energética do Amapá. As informações são do R7. O estado passou 21 dias com fornecimento reduzido de energia em 13 dos 16 municípios amapaenses. Dois apagões ocorreram nesse período.


De acordo com a pasta, às 3h30 desta terça-feira foi energizado o segundo transformador na subestação Macapá, sendo possível restabelecer completamente o fornecimento de energia elétrica no estado.


"Assim, o sistema elétrico do Amapá conta atualmente com o suprimento a partir de dois transformadores na subestação Macapá (que conecta o estado ao Sistema Interligado Nacional), da geração da usina hidrelétrica Coaracy Nunes e da geração térmica local instalada nesta semana."


Na nota, o ministério diz que continuará acompanhando as ações relacionadas ao fornecimento de energia no Amapá para aumentar a confiabilidade no atendimento à população.


Em seu Twitter, o senador do Amapá Randolfe Rodrigues (Rede) afirmou que a solução é paliativa. "Não dá para continuar sem um transformador reserva em Macapá e o Jari precisa de outro para suprir. Caso contrário, estaremos sempre em risco de apagão", afirmou.


Em outros posts, o senador afirmou também que vai continuar pedindo a implantação da CPI do Apagão no Congresso e pedirá a reparação dos danos materiais e psicológicos sofridos pela população nesse longo período sem eletricidade.



FONTE: FOLHAPE.COM.BR

Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia
 
Nova + © 2021
Desenvolvido por RODRIGOTI