Publicada em 14/09/2018 às 09h41.
Município de Panelas é 1º lugar no Ideb de Pernambuco nos anos finais
A cidade localizada na região do Agreste, teve nota 6,6 e ultrapassou a média obtida pelo Estado, que foi de 4,1.

Foto: reprodução/vídeo

 

Com mais de 25 mil habitantes, o município de Panelas, no Agreste de Pernambuco, teve um destaque importante no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado no último dia 4. A cidade alcançou nos Anos Finais do ensino fundamental a média de 6,6, superando a média obtida por Pernambuco, que foi 4,1 e a média do Brasil, de 4,4. Com o resultado, Panelas alcançou o primeiro lugar como melhor educação do Estado nas séries finais. Em se tratando dos Anos Iniciais do ensino fundamental, as escolas do município tiveram nota 7,1, ocupando a segunda posição no ranking – o primeiro lugar ficou com o município de Bonito, com 7,2. 


De acordo com a secretária de Educação de Panelas, Carine Vilar, esse resultado foi obtido por causa das ações realizadas em conjunto com a pasta, as escolas e o governo municipal. “Nós sempre procuramos ofertar merendas de qualidade, transporte escolar seguro, reformar as escolas e proporcionar formação para os professores. Também fazemos o monitoramento constante do desempenho de aprendizagem e frequência escolar, visitando os alunos faltosos para identificar o que está ocorrendo”, afirmou a gestora. 


A escola municipal que obteve o maior destaque foi a Joaquim Nabuco, com nota 7,9 nos anos finais. Na edição de 2015 do Ideb, a unidade tinha média de 6,2. “Em nossa metodologia de ensino, proporcionamos aos estudantes o que chamamos de aulões, ministradas no contra turno e específica para as turmas de 2º, 5º e 9º anos, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Essas aulas são atrativas e diversificadas, além disso aplicamos simulados para trabalhar posteriormente com as dificuldades apresentadas pelos alunos”, explicou a secretária municipal de Educação. 


O desempenho de Pernambuco nas escolas estaduais do ensino médio ultrapassou a média nacional segundo dados do Ideb 2017. O Estado obteve média de 4,0 enquanto a média nacional foi de 3,5. Nos anos finais do ensino fundamental, Pernambuco registrou pontuação de 4,5, um resultado acima da meta estabelecida pelo MEC para o ano de 2017, que era de 3,9. Ele acompanhou o grupo de sete estados que também tiveram bons resultados: Rondônia, Amazonas, Ceará, Alagoas, Mato Grosso e Goiás. 


Nos Anos Iniciais, com Ideb de 4,8, a rede pública (que envolve as redes municipais) também superou a meta do Ministério de 4,5 para o mesmo período. “Nós tivemos um bom avanço e tudo isso se deu através de um conjunto de estratégias que o Estado tem adotado nos últimos anos. Nós temos as escolas de tempo integral, que têm tido desempenhos muito bons. Também estamos fazendo um trabalho dentro do nosso projeto pedagógico que vai desde a parte curricular até ações diferenciadas com as escolas.”, destaca o secretário de Educação, Fred Amâncio. 

 

 

Folha PE

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia