Publicada em 04/08/2020 às 10h29.
Perigosa quadrilha de traficantes e homicidas é desarticulada, em Cortês
Grupo tem ramificações no PCC e é acusado de vários crimes de morte na região. Operação contou com a participação de policiais militares e civis.

Imagem: whatsapp da redação/ Portal Nova Mais

 

Uma Operação de Integração Tática, articulada entre forças policiais civis e militares de Pernambuco, desbaratou, na tarde de terça-feira (03), uma perigosa quadrilha especializada em homicídios e tráfico de drogas, em Cortês, na Mata Sul pernambucana, e em outros municípios da região. Com o grupo foram apreendidas armas, munições, drogas, celulares e material oriundo da administração do tráfico.

 

Após uma série de investigações, os policiais montaram um cerco forte no bairro Alto da Cadeia, em Cortês, conhecido ponto de articulação e venda de drogas. Durante a operação, as autoridades localizaram quatro elementos, que empreenderam fuga assim que viram os agentes. Na perseguição, ocorreu a prisão dos quatro bandidos.

 

Um deles, conhecido como “Paulista”, chegou a atirar contra os policiais, que revidaram os disparos. Não houve feridos. Os quatro elementos são acusados de participação em vários homicídios na região, cinco deles na cidade de Cortês. O último teria ocorrido no domingo (02).

 

Outros dois integrantes do bando também foram localizados e presos. De acordo com as investigações, o grupo mantinha relações com o perigoso PCC (Primeiro Comando da Capital), no estado de Pernambuco.

 

Material apreendido

 

Ao todo, foram apreendidos três revólveres, três espingardas, dezenas de munições, toucas ninjas, uma balança de precisão, duas cadernetas com anotações sobre venda de entorpecentes, além de 520 papelotes de maconha, 310 gramas da mesma droga e 1.100 pedras de crack.

 

Diante das evidências, todos os seis elementos foram conduzidos à delegacia para registro do boletim de ocorrências. O material apreendido foi anexado ao inquérito para apurar outras ramificações criminosas do bando. Todos foram autuados por tráfico, associação ao tráfico, formação de quadrilha e posse de arma adulterada.

 

A operação contou com a participação de Policiais Militares do BEPI e do GATI, ROTAM, GT DE CORTÊS, MALHAS DA LEI e da 13ª Delegacia Seccional de Palmares.


Os comentários abaixo não representam a opinião do Portal Nova Mais. A responsabilidade é do autor da mensagem.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Curiosidades
Policia
Pernambuco
Fofoca
Política
Esportes
Brasil e Mundo
Tecnologia
 
Nova + © 2020
Desenvolvido por RODRIGOTI